Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2011

Fado representa 20% das vendas de discos de música portuguesa

Imagem
Portugueses já consomem mais música "made in" Portugal do que internacional. Apesar das vendas estarem a cair, repertório nacional é líder.

O fado representa já 20% das vendas de música portuguesa, com mais de 305 mil discos vendidos só em 2010. O sucesso deste género musical junto do público é, aliás, uma das explicações para que a música nacional tenha já destronado a internacional.

O presidente da Associação Fonográfica Portuguesa (AFP), Eduardo Simões, alerta, contudo, para as limitações dos dados sobre o fado, uma vez que há "uma série de empresas que não fazem parte do levantamento", os dados não contemplam os discos "budget" (mais baratos) e a classificação de fado, pop, rock ou outro género é feita por cada empresa.

Ainda assim, Eduardo Simões crê que o peso do fado na música portuguesa não deve fugir muito dos 20%. E mais: "sem a evolução que se registou no fado era muito difícil atingirmos uma quota de 35% [no valor] de vendas no repertório…

Disco de Ouro 1977

Imagem
Os elementos do grupo Gemini receberam o Disco de Ouro por terem vendido mais de 30.000 exemplares do álbum «Pensando em Ti».

O prémio foi outorgado pelo Grupo Português de Produtores de Fonogramas e Videogramas.

A entrega do Disco de Ouro obedece pela primeira vez a um critério e é atribuído atendendo a certas regras: cada gravadora tem de requerer, por escrito, ao Grupo Português de Fonogramas e Vldeogrames, a expedição de um certificado que será emitido após consulta feita à Sociedade Portuguesa de Autores.

No caso da atribuição de prémios a álbuns somam-se as vendas de cassettes e cartuchos. O Disco de Ouro (LP) é concedido ao artista que tenha vendido mais de 30.000 cópias, enquanto que para os singles o número exigido é de 50.000.

Este critério de atribuição do Disco de Ouro é semelhante ao que funciona no Brasil, onde foi instituído há dois anos.

Revista Música & Som, Abril de 1978