Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2013

Pirataria

A pirataria de cassetes, CD's e DVD's em Portugal assume dimensões preocupantes.

 Números certos ninguém os tem, mas, seja qual for a fonte, são assustadores. E se no que toca à Net ninguém avança percentagens, no caso da música popular há quem admita que a pirataria de CD's ronda os 80% do mercado. Certo, certo, é que há muitos milhões de euros em jogo e os autores são gravemente prejudicados.

Primeiro foram as cassetes. Depois os CD's. Agora são os DVD's que estão na berra e em crescendo acentuado. Sem esquecer, claro, os downloads na Net. O fenómeno, como é óbvio, não se limita ao nosso país - bem pelo contrário, é mundial.

Centremo-nos contudo em Portugal, país de feiras que continua a ser. Vejamos, por exemplo, o que se passa na Feira do Relógio, em Lisboa - ou numa feira qualquer em qualquer cidade ou vila do país, mas de preferência em Lisboa, Porto, Setúbal e Braga, os distritos mais afectados. À vista desarmada percebe-se que estamos no paraíso da piratar…

O pequeno grande negócio da música

Imagem
Xana Toc Toc ou os Caricas são desconhecidos entre quem não tem filhos. Mas os ídolos dos miúdos são assunto sério

O auditório da Fnac Chiado, em Lisboa, fica pequeno quando uma multidão de famílias o toma de assalto para conquistar um precioso autógrafo da Xana Toc Toc. Quem é ela? O novo ídolo da gente de palmo e meio, que canta e vibra ao som das suas canções. Por causa dela e de outros produtos infantis, a indústria discográfica recupera o fôlego, sobretudo no Natal, pois quando é altura de os adultos fazerem contas, está provado que é nos filhos que menos cortam. Cinda, mãe de Nicole, de três anos, comprova-o: "Antes comprava música para mim, mas agora é só para ela. O dinheiro não dá para tudo e neste momento eles são a prioridade", confessa, depois de sair vitoriosa com o disco autografado na mão. Só Nicole não desgruda os olhos do palco, com a mão a teimar num prolongado e sentido adeus.

Os fãs de Xana Toc Toc são pouco mais do que um metro de gente, que em bicos de…