VENDAS DE DISCOS EM PORTUGAL: GALARDÕES, DISCOS MAIS VENDIDOS, ETC...



quinta-feira, 27 de maio de 2010

Apontamentos

Sempre que foi possível colocamos os discos que mais se destacaram ao longo de cada ano fazendo referência aos discos que atingiram os três primeiros lugares. No caso dos que atingiram o primeiro lugar indicamos o nº de semanas que estiveram em primeiro lugar. A referência é feita tendo em conta a data em que o disco é editado ou quando atinge a posição mais elevada.

Muitas vezes há falhas em vários anos por não termos acesso a todas as tabelas dessas datas.

A revista "Música & Som" começou a ser editada em 1977. As tabelas de vendas entre 1976 e 1983 foram feitas com base em dados da referida revista. Apesar do número de lojas consultadas ser limitada funcionava como uma amostra das vendas desses anos. Essas tabelas chegaram a ser publicadas na revista Billboard. Como não tivemos acesso a todas as tabelas haverá muitos outros discos que se destacaram nesses anos.

Antes de 1977 havia alguns jornais que publicavam, nem sempre de uma forma regular, as listas dos discos mais vendidos com base em consultas a algumas lojas de discos.

Nem todas as editoras fazem parte da Associação Fonográfica Portuguesa (Est. 1989) que é quem divulga as tabelas que consultamos. A primeira associação deste género apenas apareceu em 1976 e antes não havia atribuição de galardões dos discos mais vendidos. As tabelas divulgadas no programa "Top Disco" iniciaram-se em 01 de Outubro de 1984.

A partir de 1984 e até 1992 recorremos ao jornal Blitz (iniciado em Novembro desse ano) como fonte das tabelas semanais. No início era publicada a tabela dos 20 singles e 20 álbuns e com a indicação do lugar ocupado na semana anterior o que poderia solucionar algumas falhas. A partir de determinada fase passaram a ser divulgados apenas os tops 10 de cada tabela, sem a indicação da posição ocupada na semana anterior e infelizmente muitas das tabelas foram repetidas durante várias semanas.

Entre 1990 e 1997 não foi possível ter acesso a grande parte das tabelas mesmo assim optamos por colocar a informação em nosso poder e que poderá ser melhorada mais tarde.

Na internet apenas existem tabelas de vendas a partir de 2003 e mesmo assim com algumas falhas. Apenas em 1984 começaram a ser feitas tabelas com um universo mais alargado de lojas consultadas.

O facto de um disco ter estado muitas semanas em primeiro lugar pode não ter grande significado caso as vendas desse período não sejam importantes ao longo do ano.

Um disco pode ter grandes vendas sem atingir o nº 1 pois podem existir outros discos a vender muito na mesma altura.

Há discos que podem ser dos mais vendidos em mais do que um ano.

Um disco pode atingir os primeiros lugares, estar pouco tempo na tabela e não vender grande quantidade de discos apesar de ter atingido o 1º ou 2º lugar.

Há artistas que vendem bem em pouco tempo devido à forte adesão dos admiradores desse artista.

A atribuição de discos de platina não significa vendas de discos pois apenas representam as unidades colocadas no mercado. Por vezes há discos que acabam por não vender tanto como o que era esperado face ao perfil desse artista.

Por vezes foi usual a atribuição de galardões em duplicado pelo facto do disco ser duplo. Este facto impede que se faça uma comparação imediata, ao longo dos anos, com base nesse factor.

As actualizações do blog não serão frequentes pois a informação na nossa posse já aqui foi colocada. No entanto há muita informação que poderia complementar a que já existe.

Aceitam-se informações que permitam melhorar a análise dos anos já indicados ou mesmo de outros.

Sem comentários: