VENDAS DE DISCOS EM PORTUGAL: GALARDÕES, DISCOS MAIS VENDIDOS, ETC...



sexta-feira, 2 de abril de 2010

Disco de Platina

Os discos de OURO e PLATINA são galardões atribuídos sucessiva e não cumulativamente pelas Empresas Editoras Fonográficas, depois de certificados pela AFP aos seus artistas nacionais ou estrangeiros, cujos fonogramas atinjam as seguintes quantidades de vendas em território Nacional: Disco de OURO: 10.000 unidades; Disco de PLATINA: 20.000 unidades.

Fonte: AFP


Quanto vale hoje um disco de platina?Galardão não representa o número total de discos vendidos ao público
 Terra, o novo álbum da fadista Mariza, conquistou o disco de platina no dia em que chegou às lojas. O galardão distingue os registos que vendem mais de 20 mil cópias e é o maior da indústria musical portuguesa. Porém, o facto de um artista conquistar o troféu não significa que um determinado lançamento já tenha vendido mais de 20 mil unidades.

"Os galardões da indústria são oferecidos em função de um determinado patamar de vendas", explica Eduardo Simões, o presidente da Associação Fonográfica Portuguesa. Mas "ao contrário do top [que contabiliza os discos vendidos ao público], estes certificados representam as saídas dos armazém das editoras para as lojas". No entanto, o representante da indústria confessou ao DN que são promovidas auditorias periódicas, com o intuito de verificar se "não foram devolvidas unidades".

Eduardo Simões considera que estes certificados são importantes, uma vez que desempenham um papel significativo ao nível do marketing das empresas, e funcionam ainda como um "barómetro importante para tomar outras decisões". Contudo, João Teixeira, o presidente da EMI portuguesa, explicou ao DN que, no caso da editora de Mariza, "para efeitos de marketing o mais importante é a posição na tabela de vendas".

O disco de platina não é porém o único galardão da indústria, que distingue também os registos que vendem mais de 10 mil unidades com o disco de ouro. Estes valores, tal como o próprio número de certificados, sofreram alterações ao longo dos anos, de modo a acompanhar a evolução do mercado.

Luís Filipe Rodrigues / DN, 02/07/2008

Sem comentários: