VENDAS DE DISCOS EM PORTUGAL: GALARDÕES, DISCOS MAIS VENDIDOS, ETC...

segunda-feira, 10 de Maio de 2010

Vendas de discos 1983


Lp's mais vendidos (Música & Som)

1 - Body Wishes - Rod Stewart
2 - Crises - Mike Oldfield
3 - Concert In Central Park - Simon & Garfunkel
4 - Final Cut - Pink Floyd
5 - 20 Greatest Hits - Beatles
6 - Let's Dance - David Bowie
7 - Thriller - Michael Jackson
8 - Business As Usual - Men At Work
9 - Fado Bailado - Rao Kyão
10 - Famous Last Words - Supertramp

Nacionais: 1-Fado Bailado; 2-José Afonso Ao Vivo No Coliseu; 3-Anjo da Guarda

Singles Mais Vendidos (M&S) 1983

1 - Let's Dance - David Bowie
2 - Quando O Coração Chora - Romeu E Julieta
3 - Moonlight Shadow - Mike Oldfield
4 - Baby Jane - Rod Stewart
5 - Midnight Blue - Dreamers
6 - Do You Really Want To Hurt Me - Culture Clube
7 - Too Shy - Kajagoogoo
8 - L' Italiano - Toto Cotugno
9 - Africa - Toto
10 - It´s Raining Again - Supertramp
11 - Is There Something I Should Know - Duran Duran
12 - Words - F.R. David
13 - Dolce Vita - Ryan Paris
14 - Billie Jean - Michael Jackson
15 - I Don't Wanna Dance - Eddy Grant
16 - Up Where We Belong - Joe Cocker / Jennifer Warnes
17 - Life Line - Spandau Ballet
18 - Portuguesa Bonita - José Cid
19 - Flashdance...What A Feeling - Irene Cara
20 - Save A Prayer - Duran Duran

Nacionais: 1-Quando O Coração Chora; 2-Portuguesa Bonita; 3-Esta Balada Que Te Dou

Discos que se destacaram durante o ano de 1983:

Álbuns

O Som do Êxito - Vários (Polystar) (3#1)
Amália Fado - Amália Rodrigues - #3
Concert In Central Park - Simon & Garfunkel (10#1)
Amiga - Roberto Carlos - #2
Famous Last Words - Supertramp - #2
The Kids From Fame - Banda Sonora (RCA) - #3
Os Concertos na China - Jean Michel Jarre - #2
Hooked On Classics - Royal Philharmonic Orchestra - #3
Ao Vivo No Coliseu - José Afonso (1#1)
Business As Usual - Men At Work (1#1)
Thriller - Michael Jackson - #2
Fado Bailado - Rão Kyao (2#1)
A Flock Of Seagulls - A Flock Of Seagulls - #3
Love Play - Vários (Polystar) (2#1)
The Final Cut - Pink Floyd (7#1)
True - Spandau Ballet - #2
Killer On The Rampage - Eddy Grant - #3
Stars From Unicef - Vários (Polydor) - #3
Let's Dance - David Bowie (4#1)
Coincidências - Sérgio Godinho - #3
Summer Stars 83 - Vários (Polystar) (1#1)
Body Wishes - Rod Stewart (6#1)
Genius - Vários (CBS) - #2
O Discão do Ano - Vários (RT) - #3
Crises - Mike Oldfield (6#1)
En Concierto - Julio Iglesias - #3
Private Collection - Jon & Vangelis - #4
20 Greatest Hits - The Beatles (6#1)
An Officer And a Gentlrman - Banda Sonora - #3
Born To Love - Roberta Flack / Peabo Bryson - #2
Superdisco - Vários (Edisom) (3#1)
Polystar - Vários (Polystar) - #2
Flashdance - Banda Sonora - #3
Jackpot - Vários (EMI) (1#1)
Anjo da Guarda - António Variações
De Niña A Mujer - Julio Iglesias
+

Singles

Words - F.R. David (6#1)
Don't Go - Yazoo - #2
Talk Talk - Talk Talk - #3
The Look Of Love - ABC - #3
Heartbreaker - Dionne Warwick - #4
It´s Raining Again - Supertramp - #2
Quando O Coração Chora - Romeu & Julieta (8#1)
Abbracadabra - Steve Miller Band - #3
Save A Prayer - Duran Duran - #4
Do You Really Want To Hurt Me - Culture Clube (4#1)
Midnight Blue - Dreamers - #2
Zoom - Fat Larry's Band - #5
Too Shy - Kajagoogoo (4#1)
Life Line - Spandau Ballet - #4
Always Something There… - Naked Eyes - #3
Is There Something... - Duran Duran (3#1)
Si La Vie Est Cadeau - Corinne Hermès - #2
Down Under - Men At Work - #3
Let's Dance - David Bowie (11#1)
Africa - Toto - #2
Portuguesa Bonita - José Cid - #3
Baby Jane - Rod Stewart - #2
I Don't Wanna Dance - Eddy Grant - #2
Moonlight Shadow - Mike Oldfield (6#1)
Billie Jean - Michael Jackson - #3
L' Italiano - Toto Cotugno (7#1)
Dolce Vita - Ryan Paris - #3
Up Where We Belong - Joe Cocker / Jennifer Warnes (2#1)
Flashdance...What A Feeling - Irene Cara (1#1)
Tonight I Celebrate - Roberta Flack / Peabo Bryson (1#1)
Lindo Balão Azul - Pim Pam Pum
Esta Balada Que Te Dou - Armando Gama
Vladimir Illitch - Michel Sardou
Sunshine Reggae - Laid Back

+
+

Roberto Carlos (com pelo menos 160 mil discos vendidos) e Júlio Iglésias (105 mil) foram os maiores recordistas dos cerca de sete milhões de discos vendidos em 1983 em Portugal.

Entre os outros recordistas figuram ainda a dupla Simon e Garfunkel (60 mil), Supertramp (55 mil), José Cid (cem mil), Duo Romeu e Julieta (cem mil), Marco Paulo (85 mil), Mário Gil (50 mil), Heróis do Mar (50 Mil) e Rão Kyao (30 mil).

Foram atribuidos 75 galardões, dos quais três foram «discos de platina», 24 de «ouro» e 48 de «prata», contra 108 obtidos em 1982 (70 de «prata» e 38 de «ouro»).

De acordo com vários especialistas de etiquetas, em termos de vendas, o ano que terminou pode ser considerado como a continuação de uma crise para a indústria discográfica portuguesa iniciada em 1982.

Em 1983 foram vendidos cerca de sete milhões de discos (singles, lp's e cassettes), contra oito milhões em 1982, nove milhões em 1981 e sete milhões em 1980.

Os grandes vencedores de vendas em 1983, segundo dados fornecidos pelo Grupo Português de Produtores de Fonogramas e Videogramas (órgão que controla a distribuição dos discos, de platina, ouro e prata) acabaram por ser Roberto Carlos e Júlio Iglésias, como artistas estrangeiros, o José Cid e o Duo Romeu e Julieta, como artistas portugueses.

Dos 75 galardões atribuídos em 1983, entre artistas nacionais e estrangeiros, os estrangeiros dominaram em cerca de 70 por cento a distribuição dos galardões máximos da indústria discográfica portuguesa.

Recorda-se que em Portugal é necessário vender 60 mil lp's ou cem mil singles para se obter um «disco de platina», 30 mil lp's ou 50 mil singles para um «disco de ouro» e 15 mil lp's ou 25 mil singles para um «disco de prata».

No ano que passou receberam «disco de platina» os seguintes artistas: Roberto Carlos (pelo lp «O Amor é a Moda»), Simon and Garfunkel (duplo-album «The Concert in Central Park») e o Duo Romeu e Julieta (single «Quando o Coração Chora»).

Receberam «disco de ouro» os seguintes artistas portugueses, dos 24 atribuídos pelo Grupo Português de Produtores de Fonogramas e Videogramas (GPPFV) até à última semana de Dezembro: «Portuguesa Bonita» (José Cid), «Amar como Jesus Amou» (José Cid), «Caminhos de Portugal» (Mario Gil), «Amor» (Heróis do Mar), «o disco de ouro» (Marco Paulo, com dois galardões) e «Fado Bailado» (Rão Kyao).

Ou seja, dos 24 «discos de ouro» atribuidos pelo GPPFV, sete pertenceram a artistas portugueses e 17 a estrangeiros (cerca de três quartos do total), como Rod Stewart (lp «Body Wishes» e single «Baby Jane»), Raffaella Carra (single, «Mamma Dammi 100 Lire»), banda sonora do filme «Fame», Supertramp (LP «The Famous Last Words»), Júlio iglêsias (LP's «Momentos», «de Nina á Mujer» e «En Concierto»), Roberto Carlos: (LP´s «Amiga», «Emoções» e «O Amor é a Moda»), Simon and Garfunkel (três galardões para o duplo-álbum «The Concert in Central Park»), Jean-Michel Jarre (duplo-álbum «Os Concertos na China»), Abba (duplo-álbum «The Singles») e Toto Cotugno (single «L´Italiano»).

Quanto aos «discos de prata» em 1983 foram os seguintes artistas e grupos portugueses que foram distinguidos: Terra a Terra (LP «Pelo Toque da Viola«), Júlio Pereira (LP «Cavaquinho»), Fausto (duplo-álbum «Por este Rio Acima»), Rão Kyao (LP «Fado Bailado»), Roberto Leal (single «Que Bela Vida» e LP «Foi Preciso Navegar»), Duo Broa de Mel (single «Passear Contigo»), Marco Paulo (single «Flor sem Tempo»), Rui Veloso (LP «Fora de Moda»), Lena D'Água (LP «Perto de Ti»), António Variações (LP «Anjo da Guarda», Carlos do Carmo (LP «Um Homem no Pais») e Ana Faria («Brincando aos Clássicos-2»).

Ou seja, dos 48 «Discos de prata» atribuídos pelo GPPFV, 13 foram para artistas portugueses e os restantes 35 (também cerca de três quartos do total) para estrangeiros: Corinne Hermes (single «Si La Vie Est Cadeau»), banda sonora da série televisiva «The Kids From Fame», Barbra Streisand (LP's «Memories» e «Guilty»), Men at Work (LP «Business as Usual»), Supertramp (single «It's Raining Again»), ABC (lp «Lexicon of Love»), Dreamers (single «Midnight Blue»), Michael Jackson (LP «Thriller»), Eddy Grant (LP «Killer on the Rampage» e single «I Don't Wanna Dance»), lrene Cara (single «Flashdance - What a Feeling»), Robin Gibb (single «Juliet», Toto (LP «Toto lV») e banda sonora original do filme «Flashdance».

Outros artistas ou grupos estrangeiros galardoados com «discos de prata» foram os «campeões» Roberto Carlos (seis galardões) e Júlio Iglésias (quatro), além de Rod Stewart (um), Medley «Hooked on Classics» (um), Simon and Garfunkel (dois), Supertramp (um), Jean-Michel Jarre (um), Steve Miller Band (um), Dexy's Midnight Runners (um), Roxy Music (um), Dire Straits (um) e banda sonora do filme «Fame» (um).

É ainda de salientar que durante o primeiro semestre de 1983 foram vendidos aproximadamente três milhões de discos, número que (...) os referidos cerca de sete milhões de unidades com as vendas de Natal.

Diário de Lisboa, 27/01/1984

Os grandes vencedores de vendas em 1983 foram Roberto Carlos e Júlio Iglésias, como artistas estrangeiros, e José Cid e o Duo Romeu e Julieta, como artistas portugueses.

CARLOS GUILHERME

O livro de José Soares Neves refere alguém da editora Edisom que diz que o disco mais vendido de sempre em Portugal (200.000) é um single de Carlos Guilherme com embora o disco apareça com o nome trocado. Na Enciclopédia da Música Ligeira referem que o single do Duo Romeu e Julieta vendeu 100 mil exemplares.

"Em 1982 gravei o single com o tema Quando o Coração Chora, que foi disco de platina e vendeu 200 mil cópias legais, que contribuiu para que me tornasse mais conhecido." Carlos Guilherme, Revista 30 Dias

JOSÉ CID

Na biografia de José Cid, constante do seu site, diz: "Portuguesa Bonita" e "Amar como Jesus Amou" são os singles mais vendidos desse ano (respectivamente, 250 e 350 mil exemplares).

O mesmo texto também  refere o seguinte:

LP/CD - Os Grandes, Grandes Êxitos - Solo - 1ª Tripla Platina de Portugal
LP/CD - Os Grandes, Grandes Êxitos I (1º dupla platina da música portuguesa).

Na altura (1981) ainda não existiam discos de platina nem o formato CD. Tratava-se de um disco duplo em vinil. Foi editado um segundo volume também em formato duplo.

"José Cid continua a ser um verdadeiro campeão de popularidade: os oito discos de ouro, os vinte e cinco álbuns de prata e os três galardões de platina constituem prova irrefutável do seu valor e da sua aceitação junto do grande público" (em outro texto de 1998 encontrado na net)

1 comentário:

srd disse...

O nome do tema é "Si La Vi Est Cadeau" e não tem "un" no título.